segunda-feira, março 23, 2009

Em festinhas
da mocidade frívola
abortos são praxe
os que resistem
nascem...
tornando-se personagens
- tolos -
de canções irritiantes
daquele compositor
- popular -
que a gente mais odeia.

1 Comments:

Blogger Ingrid B. said...

lembrei de odair josé. mas gosto.

2:36 PM  

Postar um comentário

<< Home